A profissão de Sapateiro

Sapateiro uma profissão em extinção

A criação do sapato deu-se como uma consequência natural da necessidade que o homem sentiu em proteger seus pés do incômodo de andar sobre pedras ou do perigo de pisar algum animal peçonhento. Pinturas feitas em cavernas da Espanha e do sul da França há 10 mil anos antes de Cristo mostram que nessa época (Paleolítico) o homem pré-histórico já fazia uso de espécies rudimentares de calçados feitos de palha e madeira, provavelmente o primeiro modelo da história do sapato.

Os sapatos manufaturados começaram a aparecer durante o século XVIII, no início da Revolução Industrial e não demorou muito para haver fábricas de calçados por todos os cantos da Europa.

Com o surgimento da máquina de costura, realidade que reduziu significativamente os custos de produção, o calçado torna-se bastante mais acessível. Finalmente no século XX, com a troca do couro pela borracha e pelos materiais sintéticos, o sapato começou a ganhar a forma e aparência que conhecemos hoje em dia.

SABER MAIS

O sapateiro é o artesão que executa a arte de fabricar sapatos, uma das profissões mais antigas que existem. Aliás, a necessidade de produzir sapatos surgiu quando o ser humano percebeu que precisava proteger os seus pés dos obstáculos do solo, do frio e de outras ameaças.

Atualmente, com as indústrias da moda, o trabalho dos sapateiros artesãos não é mais tão usual como antigamente. No entanto, ainda é comum encontrar profissionais que se dedicam a confecção de sapatos manualmente ou no reparo destes...

A máquina de costura

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.