Unisseixal-Abertura do Ano Académico

No dia 13 de Novembro, pelas 14:30, no Forum Municipal do Seixal, comemorou-se a abertura do Ano Académico da Unisseixal para 2019-2020.

Abriu esta sessão a professora Amélia Costa, chamando ao palco a Sra Reitora, a professora Mariana Mareco, o presidente da CES, professor Jaime Ribeiro, representante das autarquias do concelho, Sr Manuel Araújo, o professor Manuel Lima que vai proferir a oração de sapiência "Das trilobites aos seres humanos, 500 milhões de anos de Geistória" e para completar os membros da mesa a Dra Mª João Macau, vereadora da cultura da CMS. O Forum estava quase cheio poucas cadeiras ficaram por ocupar e vê-se pela reportagem fotográfica.

Cada interveniente deu as boas vindas a todos quantos estavam presentes nesta sessão solene, fazendo votos que tudo se concretize com melhores condições futuras para a Unisseixal e Casa do Educador. Seguiram-se os agradecimentos com os aplausos dos alunos, professores, familiares e amigos presentes. 

A Dra Maria João Macau, que acompanhou desde o inicio este projeto, informou a todo o auditório, que a câmara já comprou o espaço do antigo grémio da lavoura, situado no fogueteiro, para a Unisseixal. Dispõe de um espaço amplo, sem pisos para que as pessoas se possam deslocar sem problemas de maior. O arquiteto João Salvado e amigo da Unisseixal vai avançar com o projeto gratuitamente. A sua inauguração está prevista para 2021. Vamos aguardar e ser otimistas por este dia...Bem haja a Unisseixal.

Seguiu-se a oração de sapiência, proferida pelo Professor Manuel Lima, que foi como mais uma das suas aulas que tão bem sabe expor.

Para terminar esta sessão solene, todos de pé, cantaram o hino à Unisseixal. Chegou a surpresa musical com a presença do grupo de Almada, com alma Alentejana que nos deliciaram com as suas musicas das violas campaniças e de canções alentejanas também algumas tocadas pela turma das Artes do Barulho.

Há Escolas de música que ensinam a tocar e a construir as violas campaniças. O Alentejo é o favorito nestas aprendizagens.

Saber mais 

Gif de Imagens criado no programa web

criador de gifs animados scrapee.net

Slideshow do WordPress

Dia Mundial da pneumonia

O Dia Mundial da Pneumonia assinala-se a 12 de novembro.

Este dia celebra-se desde 2009, com o objetivo de consciencializar o mundo sobre a principal causa de morte nas crianças com menos de 5 anos e de gerar ações que combatam este mal. A pneumonia causa mais mortes do que a malária, HIV, zika, tuberculose e ébola em conjunto.

As iniciativas deste dia consistem em exposições, encontros, colóquios, entre outros.

O que fazer no Dia Mundial da Pneumonia?

  • Divulgar o Dia Mundial da Pneumonia
  • Difundir os perigos da pneumonia e as vantagens da vacinação contra a doença
  • Fazer uma doação para instituições de luta contra a pneumonia

Dados sobre a Pneumonia

Apesar de ser um dos males mais facilmente prevenidos na saúde mundial (através da vacinação), de 20 em 20 segundos morre uma criança vítima de pneumonia. Cerca de 99% dos óbitos derivados da pneumonia registam-se em países em desenvolvimento.

Um simples tratamento com antibióticos, que custa menos de 1 euro, é capaz de curar a pneumonia se for iniciado suficientemente cedo.

A doença mata três milhões de pessoas por ano, contando cerca de 476 mil mortes infantis, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Desde 2000 que o número anual de morte de crianças com esta doença comum diminui para metade, existindo um plano para ainda o diminuir mais.

Sintomas de Pneumonia

  • dores no tórax
  • expectoração com secreção amarela (por vezes com sangue);
  • falta de ar
  • febre
  • tosse forte

Dia Mundial da Pneumonia

De acordo com os dados do Observatório Nacional das Doenças Respiratória (2017)/Fundação Portuguesa do Pulmão, os 43.199 episódios de internamento verificados, são a principal causa de internamento hospitalar em Portugal e apresentam uma tendência crescente nos últimos 10 anos - aumento de 171%.

Os 8695 óbitos verificados, correspondendo a uma taxa de mortalidade de 20%, dizem-nos que esta é uma das doenças mais mortíferas para os portugueses. Sendo essa taxa muito superior à média europeia (13%) tal revela que temos um problema de saúde pública muito importante.

Relativamente às pneumonias verificam-se dois dados epidemiológicos relevantes:

·  O microrganismo mais vezes implicado continua a ser o pneumococo, para o qual existe uma vacina ? vacina antipneumocócica;

·  Existe uma relação direta entre a gravidade/mortalidade da doença e o início tardio do tratamento

Estas realidades levam, neste dia, a Fundação Portuguesa do Pulmão a propor às autoridades da Saúde as seguintes medidas:

·  Que se implementem medidas que permitam melhorar a acessibilidade de todos os doentes ao SNS. Dificuldades nessa acessibilidade significam que muitos doentes vão ser diagnosticados e tratados já em fase tardia da doença, com muito pior prognóstico e maior mortalidade.

·  Que sejam incluídos nos grupos epidemiológicos com acesso gratuito à vacina antipneumocócica, todos os doentes que sofram de doenças respiratórias crónicas: insuficiência respiratória crónica, DPOC, enfisema, asma brônquica (sob corticoterapia sistémica ou inalada crónica), bronquiectasias, fibrose quística e pneumoconioses. Incluir este grupo de doentes naqueles que são abrangidos pela vacinação gratuita, diminuirá significativamente a incidência de pneumonias num grupo que é dos mais vulneráveis.

Web Summit-Lisboa 2019

Web Summit - Lisboa recebe 70 mil participantes no maior evento tecnológico do mundo.

Empreendedores e investidores procuram negócios e oportunidades ligados à inovação e tecnologia.

Entre os oradores convidados desta edição está Edward Snowden, ex-analista informático e que denunciou o caso de vigilância internacional por parte da agência norte-americana NSA. Vai participar em direto a partir da Rússia, numa transmissão via satélite.A mensagem que vai passar é a que tem defendido nos últimos anos, "Se querem derrotar o terrorismo, se querem acabar com o radicalismo, não o escondam nas trevas, exponham-no à luz e no palco mundial, mostrem às pessoas por que é errado"... VER MAIS
Investidores aplaudidos na inauguração da Web Summit

A edição 2019 da Web Summit foi oficialmente aberta pelo ministro da economia e pelo presidente da câmara de Lisboa.

Pedro Siza Vieira, ministro da Economia, disse que a tecnologia vai mudar o futuro, mas também ajudar a resolver muitos dos problemas da humanidade.Já Fernando Medina, preferiu destacar a confiança de Paddy Cosgrave em Lisboa.O palco na abertura foi também para os verdadeiros protagonistas deste encontro, os investidores. LER MAIS

Web Summit. Marcelo quer regulação e privacidade em debate

Chefe de Estado dirigiu-se aos “protagonistas da revolução digital” e disse-lhes que “agora há que tratar na Web Summit temas de uma revolução que amadureceu, temas como a regulação, como a privacidade, como o financiamento, como a sustentabilidade”

O Presidente da República defendeu esta quinta-feira que temas como a regulação, o financiamento e a privacidade devem ser debatidos na Web Summit, a quem assegurou o apoio de Portugal, incluindo no plano dos investimentos em infraestruturas. Marcelo Rebelo de Sousa falava no Palácio de Belém, em Lisboa, num encontro com representantes de 'startups' portuguesas que vão participar na edição deste ano desta cimeira tecnológica, a quarta realizada em Portugal, que decorrerá entre 4 a 7 de novembro, em Lisboa.

Na Sala das Bicas do Palácio de Belém, o chefe de Estado dirigiu-se aos "protagonistas da revolução digital" e disse-lhes que "agora há que tratar na Web Summit temas de uma revolução que amadureceu, temas como a regulação, como a privacidade, como o financiamento, como a sustentabilidade".

"Eram temas que já vinham de trás, mas ganharam importância hoje. Hoje que a vossa realidade é uma realidade imparável, é preciso tratar desses temas", reforçou Marcelo Rebelo de Sousa, perante o irlandês Paddy Cosgrave, cofundador da Web Summit, a quem se referiu como "cidadão português, quase".

Em seguida, o Presidente da República deixou uma mensagem sobre o futuro, manifestando-se convicto de que a Web Summit "vai recomeçar várias vezes" e para isso conta com "a imaginação do Paddy, mais o apoio de Portugal, mais os investimentos infraestruturais que vão sendo feitos". "E vão ser mesmo feitos, Paddy", acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa, num discurso que antecedeu curtas intervenções de cada um dos 75 convidados, já sem a presença da comunicação social.

Neste encontro esteve também presente o ministro Adjunto e da Economia cessante, Pedro Siza Vieira, que no sábado tomará posse como membro do novo Governo do PS, assumindo as funções de ministro de Estado e da Economia e da Transição Digital. No final da sua intervenção, o chefe de Estado disse que as 'start-ups' contribuíram para uma "viragem geracional na economia e na sociedade" e "criaram empregos, criaram empresas, criaram novas dinâmicas" em Portugal.

O Presidente da República agradeceu em especial a Paddy Cosgrave por ter sabido "perceber que Lisboa e Portugal eram interessantes - complicados, mas interessantes, dando algumas dores de cabeça, mas interessantes, obrigando-o a falar muitas vezes e a estudar muitos cenários, mas interessantes". "E não está arrependido, e não pode arrepender-se", considerou.

Artigo para analisar na turma com os alunos que já editam artigos para o site

Faz hoje 50 anos que foi enviado o 1º E-MAIL

Pesquisar sobre o SLACK

WebSumit

Curiosidade : Qual foi a 1ª mensagem de E-Mail?

Informação geral

Primeira tentativa de comunicar

O 1º Email não correu bem mas... mudou o mundo

O papel do Email no futuro

Em Portugal o e-mail expandiu-se a partir de meados da década de 1990

Cientistas da Comunicação/Califórnia

DOUGLAS ENGELBART e Leonard Kleinrock

Imagens de Douglas Engelbart (rato)

Quanto melhor melhorarmos, mais rápido ficaremos melhores

Leonard Kleinrock  e Douglas comunicam entre si o 1º E-Mail

Comprimir um video

As férias chegaram…

  • Nada melhor do que umas boas férias para poder descansar.
  • Agora é hora de esquecer as aulas e descontrair.
  • Espero que aproveitem todo o tempo para se divertirem e conviverem com os amigos e familiares.

Boas Férias!

Encontro de Coros-Miranda do Corvo

No dia 18 de Maio, na Casa das Artes, de Miranda do Corvo, houve um Encontro de Coros em que participou um Centro de Estudos Regionais de Viana do Castelo e várias Universidades do país: Universidade Sénior de Queluz, a Academia Sénior da Covilhã, Universidade Sénior do Seixal, Universidade Sénior de Tomar e a Universidade Sénior de Cacia.

Repertório-Miranda do Corvo

  1. Trigueira de Raça …. Popular do Alentejo
  2. Canção do Camponês … Letra Arquimedes S. Santos e Mús. F. Lopes Graça
  3. Senhora Santa Catrina … Lopes Graça – Beira Baixa
  4. Cantigas de Maio… Mús.: José Afonso Arrj. Eur. Carrapatoso
  5. Oliveirinha da Serra … Mús. Popular Portuguesa – Arrj . J.S. Barcarena
  6. Acordai …. Letra J. Gomes Ferreira Mús. Lopes Graça

Extra:

Senhora do Almortão… Mús. Popular da Beira Baixa - Arrj.: Rui Barral

Biri biri biri bum … Popular das Beiras – Arrj.: Casimiro da Silva

AGRADECIMENTO

Sou aluna e profª da Universidade Sénior do Seixal, participei no sábado passado, 18 de maio, no Encontro de Coros, em Miranda do Corvo.

Quero em meu nome pessoal e da Universidade agradecer a toda a equipa que nos recebeu com carinho, simpatia, disponibilidade e com uma excelente organização. O nosso Muito Obrigado para todos. Ao Sr Presidente da Câmara Municipal, Miguel Baptista, um especial Bem Haja, pelas suas palavras, quando apresenta a realidade do seu Município, a todos os convidados presentes. À medida que ia falando, as  palmas subiam de intensidade, querendo dizer-lhe como autarca, um bom exemplo a seguir, para muitos municípios do nosso país.As vozes surgiam no ar: "Gostei imenso de ouvir este Presidente"..."Ora aqui está um bom exemplo a seguir"..."Fiquei impressionado com as suas palavras"... Estas e outras frases marcaram o momento no cruzamento de opiniões das pessoas que estavam na minha mesa.

Aqui fica registado,  uma vez mais, o nosso Muito Obrigado e Parabéns Miranda do Corvo. LB

Aqui Portugal no Seixal

O programa «Aqui Portugal», da RTP1, esteve em directo do Seixal, no sábado passado, dia 11 de maio, das 11 às 13 horas e das 16 às 20 horas, no Jardim do Seixal. Este programa de entretenimento da RTP1, é apresentado por Joana Teles, Hélder Reis e Catarina Camacho.

O programa divulgou o melhor deste concelho: as suas tradições culturais e patrimoniais, as potencialidades naturais, as atividades turísticas e a riqueza gastronómica.

O «Aqui Portugal» recebeu convidados de várias áreas para darem a conhecer o concelho do Seixal. Marcam presença artistas de âmbito nacional e local.

Um pouco de historia sobre o Seixal